Poema nº 281 - Greve dos caminhoneiros

Poema nº 281 - Greve dos caminhoneiros

Este canal do YouTube é dedicado exclusivamente ao áudio do texto abaixo. Ouça o texto na voz de Luiz Sampaio.

A NOVA DO DIA

                       31.05.2018

Greve dos caminhoneiros

Caminhoneiros?

a verdade de verdade
a face oculta dos fatos
(vero motor dos atos)
mora escondida no escuro

a salvo da nossa cara
que tenta escalar os muros
escancarar o que não se fala

mas pobres de nós
despencados em apuros
à mercê do poder
de quatro sofrendo afronta
devemos pagar a conta
do ato que à grossa vista
acenava a nós terra à vista
de um mundo novo a nascer

Luiz Sampaio