index


Mensagem

Um poeta escreve para ser lido.
Entre sua alma e a alma de alguém lança pontes de palavras que, trilhadas, ganharão vida passo a passo, até exalarem um único hálito no mundo mágico de sentimentos, imagens, vivências e sons.
Este abraço minha poesia almeja.
Eis-me aqui à larga, abrindo-me em braços, a declarar-me à poesia que vive em você.

A POESIA DE CADA DIA

A  POESIA  DE  CADA  DIA  sonha chegar até você não a cada dia, mas semanalmente, na forma de um novo poema que, semana a semana, prometo enviar.

Peço inscrever-se no meu blog e informar seu e-mail e/ou WhatsApp, confirmando seu interesse em participar deste projeto e em receber meus poemas semanais.

Conto com você para que esta ponte possa se construir entre nós.

INSCREVA-SE

PUBLICAÇÕES MAIS RECENTES

Poema nº 291 - Esta noite é de espanto...
Poema nº 291 - Esta noite é de espanto...
Meu canto de despedida, encontro e louvor à eternidade de Ferreira Gullar Esta noite é de espanto pranto silêncio…
Poema nº 11 - Clarão
Poema nº 11 - Clarão
cantar o que há para cantar cantar mesmo que insisto nada à vista exista de se cantar…
Poema nº 145 - a vida...
Poema nº 145 - a vida...
a vida (imensa e simples assim) é a diferença entre quem constrói e quem destrói…
Poema nº 9 - dá-me, Pai a paz...
Poema nº 9 - dá-me, Pai a paz...
dá-me, Pai a paz da água que é apenas água e no entanto vive e vai livra-me de saber o meu leito e guarda contigo…